Nesta quinta (25), toda a categoria dos servidores municipais de Santos têm um compromisso importantíssimo: comparecer na ASSEMBLEIA para discutir os próximos passos da luta contra a retirada do adicional de titularidade. Será às 19h, no Sindicato dos Metalúrgicos (Ana Costa,55).

O Governo já mostrou que quer destruir a gratificação para a maior parte dos trabalhadores e, se não houver mobilização e pressão, pode ampliar ainda mais os ataques até para quem acha que não vai perder.

O projeto de lei sobre o assunto continua na Câmara e os vereadores voltam do recesso na próxima semana, prontos para acatar o que o prefeito ordenar.

Em reunião com os servidores e com o Sindserv, no último dia 11, o secretário de Gestão, Cacá Teixeira, informou que o único ponto de avanço a ser incluído no texto é que o servidor que ingressar e se tornar estável receberá a gratificação referente à graduação, mesmo que em área distinta da função que exerce.

Já pós-graduação, mestrado e doutorado terão de ser obrigatoriamente na área em que o servidor atua na Prefeitura. Isso traz de cara um limitador especialmente para quem atua em cargos que não exigem nível superior.

Mas é importante dizer que nem mesmo esse ponto foi formalizado ainda! O Governo pode encaminhar um novo texto para o Legislativo aprovar de bate pronto sem dar tempo para discussão com os trabalhadores.

ENROLAÇÃO CONTINUA

Para vários pontos do projeto questionados pelos servidores o secretário tem dado respostas evasivas. Sempre joga as situações não previstas no projeto para serem tratadas depois, em decreto que regulamentará a lei. Isso aumenta ainda mais os riscos de retrocesso! Estamos falando de um governo que sempre que encontra espaço não pensa duas vezes para economizar às custas da categoria.

Não podemos deixar que mais uma vez o prefeito Paulo Alexandre coloque em prática seu rolo compressor, dando a ordem para os vereadores votarem ataques contra os servidores à toque de caixa.

A titularidade é um direito conquistado com mobilização e só será mantido com a luta da categoria!

Ajude a divulgar e compareça na assembleia!