Foto dos servidores em assembleia votando

Os servidores se reuniram em assembleia (05/03) e rejeitaram a primeira proposta do governo. Decidiram também que irão entregar essa rejeição já no dia 06/03 (sexta-feira) às 17h30 no Paço Municipal.

A proposta do governo rejeitada por todos os presentes é o reajuste dos salários pela inflação (4,19%), ignorando que os servidores perderão 2% do salário a partir de abril por conta da Reforma da Previdência.

OUTRAS DECISÕES

Os trabalhadores também decidiram que não dá mais tempo de esperar a Campanha Salarial encerrar para priorizar as mobilizações contra os ataques aos servidores em nível nacional (Bolsonaro) e estadual (Doria).

Por isso, a assembleia da semana que vem também tratará do dia 18 de março, que está sendo apontado nacionalmente como “Dia de luta em defesa do serviço público” por todas as centrais sindicais, estudantis e pelos movimentos populares.

Também foi deliberado um boletim específico sobre esses ataques (Reforma Administrativa, PEC Paralela, PEC Emergencial…) e um grupo de distribuição já está sendo montado.

TODOS AO PAÇO!
06/03 (sexta-feira) às 17h30
Paço Municipal (Pça Mauá, Centro)