Assistentes Sociais pressionaram o prefeito

Os Assistentes Sociais foram mais uma vez até o Paço Municipal saber em que pé está o processo de mudança do nível salarial do cargo. Mesmo com reunião marcada, o Secretário de Gestão não os recebeu e mandou outro funcionário passar as informações:

  • O IPREV dessa vez mandou o impacto financeiro correto;
  • O impacto dos servidores ativos também já foi feito pela Secretaria de Gestão;
  • Agora, enviarão tudo para a análise da Secretaria de Finanças que deve concluir sua avaliação até terça-feira (05/11);
  • Depois disso, fica ao cargo do prefeito aprovar ou não a reivindicação.

Mas os servidores não ficaram satisfeitos com a demora em que está o processo. Para agilizá-lo, foram até o Gabinete do Prefeito. Esperaram ele sair de uma cerimônia e o abordaram. Explicaram rapidamente a situação e como a reivindicação é justa.

Paulo Alexandre por sua vez, prometeu pedir agilidade no processo e, assim que todas as análises chegarem em sua mesa, analisar e dar uma resposta em tempo suficiente.