Psicólogos reunidos

No dia 07/11 os psicólogos foram até o Paço Municipal reivindicar para que o cargo tenha mudança de nível.

O Secretário de Gestão, Cacá Teixeira, recebeu o documento e se comprometeu a já no dia seguinte encaminhar o pedido de impacto financeiro dos trabalhadores ativos e dos aposentados.

O salário do cargo está muito defasado em comparação com outros municípios. Veja quanto as cidades da Baixada Santista pagam para os psicólogos:

  • Guarujá: R$ 5.050,75 (média do salário bruto);
  • Praia Grande: R$ 4.422,60 (média do salário bruto);
  • Peruíbe: R$ 4.154,66 (salário base);
  • Bertioga: R$ 3.947,62 (salário base);
  • Itanhaém: de R$ 3.816,00 a R$ 4.650,00 (salário base);
  • Santos: R$ 3.669,03 (salário base);
  • Cubatão: R$ 3.106,58 (salário base);
  • São Vicente: de R$ R$ 2.091,33 a R$ R$ 2.907,37 (salário base);
  • Mongaguá: R$ 2.296,87 (salário base em 2016).

O grupo permanece unido e marcará nova ida ao Paço em breve.

SÓ A LUTA MUDA A VIDA!